Vamos falar sobre leitura sensível?

abril 17, 2020

Olá, leitores de plantão! Vamos falar um pouco hoje sobre leitura sensível? 

Eu sei que pelo nome pode parecer que é apenas uma leitura comum mas, na verdade, a leitura sensível ou leitura de sensibilidade é algo muito importante e tornou-se até uma profissão no mercado editorial. Vamos entender um pouco sobre o que se trata? 

No geral, existem diversos cuidados que precisamos tomar ao escrever um livro, principalmente quando se trata de trazer representatividade para história. É sempre importante tentar transmitir as diversas realidades que temos da forma mais real, sem perder a sensibilidade de lidar com o outro. 

Por isso, dependendo do tema que o autor escolhe abordar, é importante contratar um especialista que realiza uma espécie de consultoria/ leitura sensível do livro.

O "sensitivy reader" surgiu originalmente nos países de língua inglesa e ele torna-se essencial quando o autor deseja escrever sobre um grupo social que ele não faz parte. O texto então é submetido a um leitor crítico que se identifica com o grupo social minoritário retratado na obra e, assim, realizará uma análise do conteúdo. 

Este leitor sensível faz observações no manuscrito e alerta o autor para o uso de expressões, palavras ou comportamentos considerados ofensivos e também pode também trazer um pouco da sua experiência pessoal para obra. O mais importante é que este leitor sensível utilize de sua vivência pessoal para identificar conteúdos suscetíveis a afrontar minorias.

Por que é importante?

Quando se trata de escrever sobre a realidade e a vida de outras pessoas é importante se atentar a vários detalhes. Se um autor escrever, por exemplo, um livro com um protagonista bissexual, este deve se atentar a representar esse personagem de maneira verosímil, sem se ligar em estereótipos, preconceitos e mitos.

 Ele deve se preocupar em representar aquele grupo da melhor maneira o possível, até porque grande partes dos interessados em sua obra podem vir daí. Além de tudo, essa preocupação garante, na publicação, a segurança do autor e da editora com o conteúdo abordado.

Mas calma, o leitor sensível não irá mudar o texto do autor completamente ou alterar sua história. O que ele faz é melhorá-la trazendo soluções, sugestões e um novo ponto de vista para a obra, eliminando estereótipos e preconceitos linguísticos.

Trazer representatividade para literatura é super importante da mesma maneira que é importante trazer personagens e enredos com responsabilidade e, acima de tudo, com correspondência. 

E, aí? Que tal pedir para um leitor sensível dar uma olhada na sua obra?




You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts